noticias rhi

Como preparar um currículo que nenhum recrutador vai esquecer

Michelle Aikman é consultora de carreira e deu dicas sobre as formas mais viáveis para montar um currículo realmente bom Giovanna Sutto,

Montar o currículo sempre gera algumas dúvidas e inseguranças, mesmo se você já é um profissional experiente. E se está começando agora, com pouca experiência, preencher uma página inteira pode ser uma tarefa difícil. Michelle Aikman é consultora de carreira e co-fundadora e do “Adventure Learning of Cerno” um blog que auxilia as pessoas a darem um impulso em suas vidas profissionais. Em entrevista ao Business Insider, ela deu dicas sobre as como montar um currículo que nenhum recrutador vai deixar passar. Confira:

1. Transforme as tarefas de antigos trabalhos em realizações quantificadas De acordo com Aikman, um dos erros mais comuns que candidatos a uma vaga cometem é colocar no currículo apenas o que fazem ou fizeram, mas não os resultados dessas tarefas. Por exemplo, se você é um estrategista de redes sociais, não diga apenas que você administrava as contas das redes sociais da empresa. Em vez disso, deixe os números conversarem e mostre: "Quando comecei, tínhamos X número de seguidores e X de engajamento, e eu aumentei Z%". "É importante que você comunique os benefícios de sua experiência e conquistas", explica Aikman. "O recrutador sempre quer saber quão bem a pessoa fez o trabalho. Isso é o que ajuda o empregador a conectar suas habilidades com sua potencial tarefa”, complementa.

 2. Peça a outra pessoa que leia seu currículo Se você está tentando melhorar seu currículo, uma das melhores formas de fazer isso é mostra-lo a um terceiro. Embora seja melhor que um especialista ou profissional leia seu currículo, você pode mostrá-lo a um colega de trabalho ou pessoa próxima para ela dê sua contribuição sobre o quão bem ele traduz suas realizações. É uma dica simples e que pode ajudar muito.

3. Fuja do formato padrão básico Claro que o conteúdo do currículo é de extrema importância e tem prioridade, mas separar um tempo para formatá-lo de maneira diferente do padrão básico pode fazer a diferença. Especialmente se você está tentando subir de nível em sua carreira, segundo a consultora. "As pessoas muitas vezes usam modelos de currículo padronizados e não pensam sob uma perspectiva criativa", diz Aikman. "Em vez disso, você deve considerar:" O que esse empregador pensa? O que eles estão procurando? O que posso comunicar visualmente? ”, explica. Você está tentando se comunicar com outra pessoa, então pense no que eles querem ver.

4. Comprima experiências relacionadas Se você realizou muitos trabalhos diferentes em um curto período de tempo ou teve experiências semelhantes em várias empresas, a consultora de carreira aconselha que você tente comprimir tarefas relacionadas em uma única seção do currículo. Fazendo isso, fica mais fácil de compreender - e permite que as lacunas de desemprego pareçam menores. "Olhe o que é relevante e compile ou comprima as experiências relacionadas juntas, o máximo que der", diz Aikman. "Considere um formato com componentes cronológicos para que o empregador possa entender sua linha de tempo, e também coloque uma seção de "qualificações" com múltiplas experiências ", sugere a especialista.

5. Preste atenção no vocabulário Se você pretende montar um currículo que realmente chame a atenção dos recrutadores, usar palavras-chave é uma boa opção. "Use palavras relevantes para descrever o que você fez", suegre Aikman. "Você precisa ser habilidoso na forma como você apresenta a informação. "Pense em como você pode comunicar essa experiência usando um vocabulário que vai conversar com o empregador", complementa. Fazer uso de palavras-chaves é bom não só para explicar as suas habilidades, mas, principalmente, para fazer a diferença nos filtros de busca dos recrutadores, quando eles pesquisam o perfil que desejam para a vaga disponível. Se, por exemplo, a prioridade da empresa é um funcionário proativo, essa característica também será um diferencial que, se estiver no seu currículo, aumenta as suas chances de ser chamado para uma entrevista de emprego. Para acertar no uso de palavras-chave no seu currículo, pesquise quais são os termos mais utilizados em seu campo de atuação.

6. Acredite em seu currículo Isso pode parecer bobo, mas a melhor forma de realmente impulsionar seu currículo é chegar a um ponto em que você confia e acredita que o currículo tem o melhor conteúdo e está no melhor formato possível para apresentá-lo. Confiança é crucial para conseguir a vaga de emprego desejada e o currículo é uma das etapas necessárias para alcançar esse objetivo.

http://www.infomoney.com.br/carreira/emprego/noticia/6817892/como-preparar-curriculo-que-nenhum-recrutador-vai-esquecer

Contato

  • (48) 3241-5229
  • (48) 99186-0339
  • contato@rhiconsultoria.com.br

Localização

  • Av. Marechal Castelo Branco, 65
  • Sala 301 Bloco B – Campinas – São José/SC
  • CEP: 88101-020